segunda-feira, 21 de novembro de 2011

Vereador mundo-novense perde as estribeiras e ameaça agredir colega parlamentar

Não é a primeira vez que a Câmara Municipal de Vereadores de Mundo Novo é palco de mais um espetáculo digno de novela mexicana, vereadores usam da sua imunidade parlamentar para agredir com palavras uns aos outros e a pessoas da comunidade.
É um festival de falta de ética, falta de decoro parlamentar e até mesmo de sensatez. O que se ouve pelas duas rádios que transmitem a os discursos dos parlamentares, é uma sessão de drama mexicano um chamando o outro de mentiroso, ladrão, e tantos outros nomes que para nós não vale a pena divulgar ainda mais do que já é divulgado.
Na sessão do último dia 10 de novembro quem pôde estar presente na sessão, ouviu a falta de decoro do parlamentar Roberto Ferreira Lima (PMDB), conhecido como Roberto do Umbuzeiro, ao ameaçar “quebrar a cara” do vereador Vilobaldo (Viló). “Quero dizer ao vereador Vilobaldo que a qualquer momento, se ele não parar de me atingir pessoalmente nesta casa eu vou dar um pau na cara dele. Está avisado, porque ele não é homem, ele é um vagabundo”, disse o vereador Roberto em plenário que voltou a ameaçar o vereador novamente dessa vez dizendo que iria “quebrar a cara do vereador” em plenário.
A discussão entre os dois vereadores começou na sessão anterior quando o vereador Vilobaldo afirmou que o vereador Roberto pegava remédios na farmácia básica e levava para a sua residência. Em um dos seus excessos de raiva o vereador Roberto afirmou que levava sim e se alguém precisasse de remédios era só procurá-lo.