sexta-feira, 11 de maio de 2012

Seca altera festejos juninos em 37 cidades da Bahia, diz União dos Municípios


ZONA    RURAL   DE    TAPIRAMUTÁ (foto tapiramutaemfoco.com)

A festa de São João 2012 está comprometida em 37 dos 417 municípios da Bahia, segundo informou nesta quinta-feira (10) a União dos Municípios da Bahia (UPB). Vinte cidades baianas cancelaram o evento e 17 reduziram a programação dos festejos, de acordo com a UPB. Até agora, 223 municípios do estado decretaram situação de emergência.
Ainda segundo a União, o Tribunal de Contas dos Municípios (TCM-BA) publicou um decreto que orienta os gestores que os gastos com as festas juninas não podem ultrapassar valores gastos em anos anteriores e também devem levar em conta os recursos financeiros em caixa de cada prefeitura, para que as festas não prejudiquem a ação de combate à seca.
Os municípios que cancelaram os festejos juninos são: Pindobaçu, Casa Nova, Tapiramutá, Filadélfia, Miguel Calmon, Nova Fátima, Mirante, Várzea do Poço, Nova Itarana, Iramaia, Sítio do Quinto, Canudos.
Já as cidades que diminuíram o período da festa por causa da seca são: Senhor do Bonfim, Lençóis, Mucugê, Paulo Afonso, Piritiba, Amargosa, Jequié, Euclides da Cunha, Valente, Marcionílio Souza, Irecê, Campo Formoso, Santa Inês, Mortugaba, Botuporã, Boquira, Camaçari.
Situação de Emergência
Entre janeiro e abril deste ano, a Secretaria Nacional de Defesa Civil (Sedec), registrou umaumento de 272% nos decretos de emergência no Nordeste do Brasil, um número que subiu de 112 em 2011, para 417 este ano, o maior registro dos últimos cinco anos. Na Bahia, onúmero de cidades que decretaram estado de emergência chega a 228.
Somente em Feira de Santana, oito distritos estão em situação de emergência desde o ano passado. A última chuva forte da cidade foi em novembro de 2011.
Governo
O Governador Jaques Wagner disse que esteve em Brasília levantando verbas para ajudar na resolução do problema da seca na Bahia. “Primeiro vamos tratar da instalação de poços. Existem poços perfurados ainda não instalados. Também temos o programa de dessalinização, que foram liberados seis milhões", diz.
O governador também garantiu obras em adutoras. “Nós temos investimento de R$ 400 milhões em quatro adutoras. Ainda em 2012 a maioria deve estar pronta”, afirma.
Na quinta-feira (3), o governador e o ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra, assinaram convênios para a liberação de recursos, que fazem parte do programa Água para Todos, do Governo Federal. A Bahia terá mais R$ 50,9 milhões para medidas de enfrentamento aos efeitos da seca.
Fonte: http://g1.globo.com/bahia/noticia/2012/05/seca-altera-festejos-juninos-em-37-cidades-diz-uniao-dos-municipios.html