sexta-feira, 6 de abril de 2012

Acidente com jato da Marinha destrói prédios nos EUA

Um jato F-18 da Marinha dos Estados Unidos bateu nesta sexta-feira contra um prédio em Virginia Beach, no Estado de Virgínia, mas os dois membros da tripulação que estavam na aeronave conseguiram se ejetar antes do acidente. Eles foram socorridos e levados para um hospital com ferimentos leves, juntamente com outras quatro pessoas, segundo informou um porta-voz da cidade. As equipes de resgate ainda procuravam por vítimas no início da noite. De acordo com informações da imprensa local, três prédios foram destruídos e dois tiveram danos significativos.

O jato de dois lugares colidiu contra o prédio por volta do meio-dia (horário local), a pouco mais de três quilômetros da estação aérea naval Oceana, de acordo com um porta-voz da Marinha. Um representante do corpo de bombeiros de Virginia Beach disse que funcionários da Marinha estavam no local do acidente no início da noite, juntamente com equipes que prestavam os primeiros socorros. Segundo um representante do serviço médico de emergência da cidade, o dano poderia ter sido muito maior se os pilotos do jato não tivessem despejado todo o combustível da aeronave antes da colisão.

Segundo Robert Matthis, assistente da administração municipal de Virginia Beach, até o início da noite não havia informações sobre mortos. O governador do Estado de Virgínia, Bob McDonnell, disse ao prefeito da cidade, Will Sessoms, que vai fornecer todo o auxílio necessário. "Nós estamos monitorando os acontecimentos atentamente e os policiais estaduais estão agora no local. Nossas preces são para que ninguém tenha morrido ou se ferido gravemente nesse acidente", comentou o governador. Ainda não se sabe a causa da queda do jato.

A região de Hampton Roads, no sudeste de Virgínia, é a casa de uma significativa comunidade militar, incluindo a grande base naval Norfolk. O jato que colidiu contra os prédios faz parte do esquadrão que treina os pilotos da Marinha e dos fuzileiros navais. Segundo o website da unidade, o treinamento inclui missões de ataque. O mesmo modelo de jato caiu em dezembro de 2008 durante um treinamento em San Diego (Califórnia), matando quatro pessoas e destruindo duas casas.

O deputado republicano Scott Rigell, que é da Virgínia, disse em um comunicado que "nossas preces estão com toda a região de Hampton Roads e com as comunidades militares, já que os socorristas estão lidando com a situação em solo admiravelmente. Eu conversei com o governador McDonnaell, o prefeito Sessoms e os dirigentes da estação Oceana, e minha equipe e eu estamos prontos a ajudar da maneira que for preciso". As informações são da Dow Jones e da Associated Press.A tarde