quinta-feira, 26 de abril de 2012

AMIMAIS JÁ MORREM POR FALTA D´AGUA E COMIDA EM TAPIRAMUTÁ

Neste período do ano que chovia bem em Tapiramutá, época em que o produtor já se preparava para o plantio. A situação de emergência em várias cidades da bahia como Tapiramutá tira o sono do pecuarista, do homem do campo e de todos que dependem do líquido precioso simplismente para ingerir ou para criar seus animais. Todos esperam por medidas que devem ser tomadas pelo governo municipal para socorrer e diminuir a dificuldade. Hoje a EMBASA já faz racionamento, mas nos próximos meses pode não haver água suficiente para suprir nem as  necessidade básicas.